Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Perfil do Ouvidor

Jovelino Ferreira de Oliveira é formado em Administração de Empresas pela Universidade Católica de Brasília – UCB e pós-graduado em Gestão Pública pela Faculdade União Educacional de Brasília – UNEB.

 

Ingressou no serviço público no Ministério da Previdência e Assistência Social – MPAS, onde exerceu diversos cargos administrativos. Foi servidor de carreira do  BRB – Banco de Brasília S/A por 14 anos, onde exerceu os cargos de escriturário, caixa, tesoureiro e gerente. Também, foi efetivo na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA, exerceu o cargo de técnico em administração.

 

Hoje, é servidor público efetivo da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, da carreira de Assistência à Educação – Gestão Educacional. Também, é membro do Conselho de Meio Ambiente do Distrito Federal – CONAM/DF, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente,

 

Em 2019, foi cedido para a Secretaria de Estado de Governo do Distrito Federal – SEGOV-DF, tendo exercido o cargo de assessor especial da Secretaria Executiva de Acompanhamento e Monitoramento de Políticas Públicas. Atualmente, ocupa a função de ouvidor-chefe da Ouvidoria da SEGOV-DF.

 

À frente da Ouvidoria, concluiu os cursos oferecidos pelo Sistema de Gestão de Ouvidoria do Distrito Federal-SIGO-DF, do Programa de Formação em Ouvidoria, ministrados e certificados pela EGOV-DF – Escola de Governo do Distrito Federal, a saber: Inicialização em Ouvidoria, Lei de Acesso à Informação para Ouvidorias, Gestão de Atendimento de Ouvidoria, Carta de Serviços e Inteligência, e Governança em Ouvidoria.

 

Mensagem do ouvidor

A Ouvidoria da SEGOV-DF é instrumento de controle e de gestão de grande importância para a Administração Pública do Distrito Federal, pois ao lado dos outros canais de participação popular e de controle social existentes, busca operacionalizar o Princípio da Democracia Participativa consagrado na Constituição Federal de 1988.

 

O papel da Ouvidoria é oriundo de uma nova concepção de política pública, na qual o cidadão é visto e notado como parceiro e coautor da construção de sua própria história. É compreendida como uma instituição que possibilita ao cidadão uma relação de aproximação com o Estado, permitindo o fácil diálogo com a Administração Pública, corroborando assim com a melhoria contínua dos serviços públicos prestados à sociedade do Distrito Federal.