Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/05/21 às 10h37 - Atualizado em 19/05/21 às 10h37

Vias públicas mais seguras e melhores no Altiplano Leste

COMPARTILHAR

Cerca de 200 toneladas de brita são utilizadas na manutenção de estradas não pavimentadas; ao longo de 5 km, foram colocados quatro quebra-molas

 

Em mais um esforço coordenado para auxiliar comunidades de áreas rurais, o Governo do Distrito Federal (GDF) promoveu uma série de melhorias e ajustes de segurança em vias não pavimentadas no setor Altiplano Leste, localizado no Jardim Botânico.

 

O serviço foi realizado pelo Polo Leste do programa GDF Presente em parceria com a Administração Regional do Jardim Botânico, atendendo a pedidos de moradores encaminhados à Ouvidoria Geral do DF pelo site https://ouvidoria.df.gov.br ou pelo telefone 192.

 

Caminhão-pipa é usado para ajudar na compactação das vias com o resíduo de construção triturado proveniente do Serviço de Limpeza Urbana | Foto: GDF Presente

 

Rolo compressor

As equipes atuaram na Rua 10, que faz a ligação entre a Estrada São Bartolomeu e diversas chácaras e outras propriedades rurais da região. Ao todo, foram utilizadas, para a realização dos trabalhos, cerca de 200 toneladas de resíduo de construção triturado, proveniente do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

 

Os ajustes são feitos da seguinte forma: o material é espalhado em pontos da via que apresentem desnivelamento, buracos ou erosões; depois, é molhado com o auxílio de um caminhão-pipa e compactado por um rolo compressor; e, por último, uma máquina patrol volta para fazer o acabamento e a finalização.

 

Solução mais viável

Além das melhorias nas estradas, quatro quebra-molas também foram construídos ao longo dos 5 km da Rua 10, utilizando o mesmo resíduo de construção triturado. Morador da região, o diretor da Associação de Produtores Rurais do Altiplano Leste, Jorge Dias de Oliveira, elogia o trabalho efetivado.

 

“O trabalho ficou muito bom. A equipe trabalhou com seriedade, o serviço foi perfeito, devemos parabenizar os operadores e a coordenação. Ficamos muito felizes com o trabalho feito na Rua 10”, ressalta.

 

O coordenador do Polo Leste do GDF Presente, Leandro Cardoso, reforça que o trabalho pode ser feito graças à união entre órgãos do governo. “Aquela é uma área que pertence à poligonal do Paranoá, mas nós atendemos via Administração do Jardim Botânico porque estávamos próximos e também porque o maquinário não poderia ser transportado pela barragem”, destaca.

 

FLÁVIO BOTELHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: ABNOR GONDIM