Governo do Distrito Federal
6/05/22 às 9h28 - Atualizado em 6/05/22 às 9h28

Varjão ganha rodoviária de presente no aniversário de 19 anos

Orçada em mais de R$ 1,5 milhão, obra vai gerar dezenas de empregos e levará melhorias à mobilidade dos 9 mil moradores da região administrativa

Atualmente funcionando em local provisório, a nova rodoviária será construída em um terreno de 1,4 mil m²  | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

O Varjão completa 19 anos nesta sexta-feira (6), e o grande presente para a cidade é a construção de uma rodoviária para atender os 9 mil moradores. Quando concluída, a obra, aguardada há muitos anos, levará conforto e mais mobilidade à região administrativa. Os recursos são de R$ 1.519.820,65.

A rodoviária, que hoje funciona de forma improvisada na Quadra 11, será erguida em um terreno de 1,4 mil m² na Quadra 10. É uma distância de poucos metros, mas que terá grande diferença entre a estrutura existente hoje e a que será construída. É a segunda vez que a a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) abre uma licitação para a rodoviária, lembra o subsecretário de Terminais da pasta, Ronivaldo Bento Costa: “No ano passado, tivemos uma empresa contratada para essa obra, no entanto, ela não cumpriu com o estabelecido no contrato, por isso foi necessário abrir uma nova concorrência”.

O prédio contará com sala de administração, banheiros adaptados com acessibilidade, paraciclos e dois boxes de embarque e desembarque, além de seis vagas para o estacionamento dos ônibus. A obra vai gerar cerca de 50 postos de trabalho e permitir a ampliação de linhas que passam pela cidade. Atualmente, os trâmites da construção estão em andamento na Semob, que precisou refazer a licitação.

Mais mobilidade

Moradora do Varjão há 30 anos, Tereza Cristina Nunes comemora: “É uma obra bastante aguardada. Então, com certeza, essa rodoviária é um belo presente de aniversário”

Quem utiliza ônibus todos os dias para se deslocar entre idas e vindas à cidade aguarda ansiosamente pelas novas instalações. É o caso da empreendedora Tereza Cristina Leal Nunes, de 53 anos. Ela mora na região há três décadas, antes mesmo de a cidade virar uma região administrativa, e viu cada pedaço de asfalto, cada calçada e poste serem instalados no Varjão.

“A cidade precisa muito dessa estrutura”, afirma. “É uma obra bastante aguardada, então, com certeza, essa rodoviária é um belo presente de aniversário. Sinto que o Varjão está bem-cuidado e gosto muito de morar aqui, tanto que nunca pensei em sair.”

Nos últimos anos, o Varjão recebeu investimentos empregados na pavimentação com bloquetes em vários bairros e na construção de novas paradas de ônibus ao longo da Avenida Principal. Em 2021, a via ganhou sentido único para melhorar o fluxo de automóveis e garantir a segurança de pedestres. Além disso, há a expectativa da construção de um restaurante comunitário na região administrativa.

“O terminal rodoviário está em licitação e, sobre o restaurante comunitário, foi feita a última sondagem de solo para darmos início a esse processo”, adianta o administrador da cidade, Daniel Crepaldi. As comemorações do aniversário do Varjão, ele informa, começaram na segunda-feira (2), com eventos e palestras, prosseguindo de sexta (6) a domingo (8) com shows artísticos. O bolo comemorativo será servido no sábado (7).

A cidade

A área onde atualmente existe a região administrativa começou a ser ocupada entre o final da década de 1950 e o início da década de 1960, com a chegada de famílias envolvidas em atividades agrícolas.

Na década de 1990, o Governo do Distrito Federal elaborou projeto urbanístico de implantação definitiva de estrutura para os moradores. Em 19 de abril de 1991, nasceu a Vila Varjão; e, em 6 de maio de 2003, foi criada oficialmente a região administrativa – que, atualmente, ocupa uma área de 90 hectares.