Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/20 às 13h36 - Atualizado em 27/08/20 às 13h37

Urbanização no Recanto das Emas

COMPARTILHAR

Projeto prevê criação de estacionamento na administração regional e nova praça na quadra 803

 

A Região Administrativa do Recantos das Emas ganhou dois projetos que vão melhorar a infraestrutura e urbanização da cidade. Será a construção de um estacionamento externo na sede da administração com 23 vagas e a criação de uma praça-modelo com acessibilidade, paisagismo e incetivo à prática de esporte na quadra 803. O início das obras está previsto para a próxima semana.

A construção de estacionamento na administração é uma reivindicação antiga da comunidade. Na avaliação do administrador Carlos Dalvan, a obra vai proporcionar melhor atendimento à população. “As instalações estruturais da administração não são as ideais. O prédio é adaptado, mas com essa aquisição teremos condições mais adequadas para atender e trabalhar”, afirmou o gestor da cidade.

Além do estacionamento de bloquetes, o projeto desenvolvido pela coordenadora de obras da administração, a arquiteta Nayara Rayane Barbosa, prevê espaço de convivência, bancos, lixeiras com coleta seletiva, acessibilidade universal com piso tátil, rampas e travessia elevada.

Detalhes que vão dar mais segurança aos pedestres. A obra tem valor estimado em R$ 170 mil, viabilizada por emenda parlamentar e deve durar quatro meses.

Praça

Nayara explicou que a ideia da praça é um projeto-modelo para o DF. De acordo com a administração, a cidade possui aproximadamente 60 espaços que podem ser ocupados para praças, mas tem mais o que dois equipamentos para uso. “A minha proposta é justamente trazer todos os equipamentos dentro de um único espaço, desde parquinhos, quadra, PEC [Pontos de Encontro Comunitário] e academia adulta. A intenção é que crianças e idosos possam usar”, afirmou a arquiteta.

Serão 5.004 metros quadrados destinado à prática de esportes e lazer e custará pouco menos de R$ 500 mil, verba que também virá de emenda parlamentar, com previsão de entrega de até quatro meses. O espaço contará com estacionamento, parque infantil – com brinquedos adaptados para crianças com necessidades especiais, pista de cooper, PEC, área de convivência, área de jogos com mesa de pingue-pongue, pergolado, academia adulta, calçadas acessíveis, bicicletário, reforma da quadra poliesportiva, que já existe, e instalação de arquibancadas e  paisagismo.

O aposentado Ubiratan Coelho de Souza, 54 anos, contou que a nova praça vem em boa hora, pois o espaço atual não está bom. “Espero que melhore e muito, porque é nosso único lugar na 803 [quadra] para jogar bola e área de lazer. Queremos também que tenha mais opções de lazer, tipo: PEC, parquinho e bancos”, disse o aposentado.

Carlos Dalvan reconhece a grandiosidade do projeto. “É uma praça-modelo condomínio, toda equipada, urbanizada e com wi-fi. Será um espaço idealizado para as famílias”. Ele ressalta ainda que mais de 10 mil moradores serão beneficiados, porque a quadra é uma das mais populosas da cidade. Os trabalham começam na próxima semana. Cerca de 60 pessoas, direta ou indiretamente, estarão envolvidas na execução dos dois projetos.