Governo do Distrito Federal
1/04/22 às 11h38 - Atualizado em 1/04/22 às 11h38

Unidade de entrega de alimentos é reativada em São Sebastião

Espaço só começará a receber as mercadorias a partir do dia 13 de abril, beneficiando a área rural de São Sebastião, Jardim Botânico e Paranoá

Foi entregue nesta quinta-feira (31) a Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos (Urda) de São Sebastião, que fica no Parque de Exposições da região. O espaço pertencia à administração regional e foi cedido pelo órgão para que os agricultores o utilizem pra entrega de alimentos à Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa).

Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos (Urda) de São Sebastião foi entregue nesta quinta-feira (31) | Foto: Divulgação/Administração Regional de São Sebastião

A Urda só começará a receber as mercadorias a partir do dia 13 de abril, segundo a gerente do escritório da Emater de São Sebastião, Maíra Andrade. “Temos esse prazo para arrumar o espaço e deixar tudo pronto para o início dos trabalhos”, explicou.

A produtora e presidente da Associação dos Agricultores Familiares da Eco Comunidade (Afeca) do Assentamento 15 de Agosto, Michelle Ornelas, fez a solicitação de reativação do local. “É muito difícil, enquanto pequeno produtor, ter que ir até no SIA para entregar os produtos. Não são todos que têm carro”, contou.

Ela também frisou que as produções têm aumentado e, se não tiver venda, tudo é perdido. “Pode parecer uma coisa pequena, mas para quem é produtor não é, pelo contrário, essa reativação é uma conquista, uma grande vitória”, disse.

Para o diretor de Compras Institucionais da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento (Seagri), Lúcio Flávio da Silva, por conta da pandemia as adversidades enfrentadas foram maiores, mas ainda assim a área rural não ficou desassistida. “Quando recebemos o pedido da senhora Michelle, prontamente o nosso secretário colocou-se à disposição para solucionar a questão e, com a célere parceria da administração regional, conseguimos. Agora é hora de resolver os detalhes para dar início aos trabalhos”, finalizou.

Segundo o administrador de São Sebastião, Alan Valim, a reabertura trará muitos benefícios. “Toda a área rural de São Sebastião, Jardim Botânico e parte do Paranoá (Café Sem Troco, Riacho Frio e PAD-DF) serão beneficiadas, pois, poderão entregar seus alimentos aqui”, ressaltou.

*Com informações da Administração Regional de São Sebastião

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger