Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/04/21 às 9h00 - Atualizado em 13/04/21 às 9h08

Um milhão de vistorias na luta contra a covid-19

COMPARTILHAR
DF Legal inspecionou todos os tipos de estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes e lojas de rua, além de vendedores ambulantes

A DF Legal mantém 16 equipes por turno nas ruas do Distrito Federal | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

A Secretaria DF Legal ultrapassou a marca de um milhão de vistorias a estabelecimentos comerciais no combate à pandemia de covid-19 por todo o Distrito Federal. As ações de fiscalização dos protocolos de prevenção foram iniciadas em 23 de março do ano passado e têm sido reforçadas conforme a necessidade de cada região administrativa.

 

Acompanhadas pelas forças de segurança, as equipes da DF Legal empreendem operações das 8h às 2h, de segunda-feira a domingo. São vistoriados todos os tipos de estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes, lojas de rua e ambulantes, entre outros.

 

Durante as 1.046.688 ações, foram fiscalizados os cumprimentos dos protocolos sanitários, como a aferição de temperatura na entrada do estabelecimento, a oferta de álcool gel para todos os clientes e funcionários, a obrigatoriedade do uso de máscaras e a proibição de circular sem essa proteção, bem como de dança nos locais onde haja música.

 

“Após ultrapassarmos a marca de um milhão de vistorias, temos certeza que muitas vidas foram salvas graças a esse trabalho. Nossos servidores estão dando além do que podem, mas o esforço tem sido recompensado com famílias unidas. Pedimos que a população, os diversos segmentos sociais e o setor produtivo continuem observando as medidas de proteção e combate à covid-19, para que logo possamos retomar a normalidade”, destacou o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira.

 

Atualmente, a DF Legal mantém 16 equipes por turno nas ruas do Distrito Federal. Desde o início das fiscalizações, já foram aplicadas 1.335 multas e interditados 2.650 estabelecimentos que não estavam funcionando de acordo com os protocolos sanitários. Mais de 25 mil estabelecimentos foram fechados compulsoriamente.

 

A operação também tem multado pessoas pelo não uso de máscaras. Os fiscais da DF Legal, primeiramente abordam as pessoas e as orientam a usarem o item de proteção. Quando não usam, acabam multadas. Ao todo, 360 cidadãos foram autuados.

 

Entre orientações e punições, a pasta também entregou 238.026 máscaras em 82.225 abordagens.

 

A fiscalização da DF Legal está nas ruas, mas ainda não tem olhos para todos os locais. Por isso, as pessoas que quiserem colaborar podem denunciar irregularidades pelo telefone 162, ou ainda pelo 190, da Polícia Militar.

 

*Com informações do DF Legal

AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON