Governo do Distrito Federal
22/11/22 às 12h16 - Atualizado em 22/11/22 às 12h16

Transição apresenta resultados de 14 áreas ao governador Ibaneis Rocha

Com a presença de Ibaneis Rocha, secretários de Estado e demais representantes do governo apresentaram planejamento para o próximo quadriênio

Rafael Secunho, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

Em mais uma reunião da comissão de transição do governo, nesta segunda-feira (21), secretários de Estado e representantes de 14 áreas diferentes apresentaram um primeiro feedback dos trabalhos ao governador Ibaneis Rocha. O chefe do Executivo local participou do encontro ao lado dos coordenadores da transição e ouviu de cada pasta o planejamento para o quadriênio 2023-2026. E, também, o que pode ser ampliado ou corrigido para a próxima gestão.

“Eu sempre trabalhei com a questão da segurança jurídica. Quando você coloca um planejamento de governo à disposição da sociedade, você traz tranquilidade para a população. E esse é um dos principais objetivos desse governo de transição”, pontuou Ibaneis Rocha. O encontro, realizado no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), durou a tarde inteira.

O governador Ibaneis Rocha afirma: “Quando você coloca um planejamento de governo à disposição da sociedade, você traz tranquilidade para a população. E esse é um dos principais objetivos deste governo de transição” | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“Esse trabalho todo vai ser consolidado em um caderno e serão feitos ajustes a partir do que foi colhido de cada uma das secretarias, das empresas públicas que apresentaram seu trabalho”, informou o governador, ao lembrar que, ao final dos trabalhos – no início de dezembro -, o plano de ações será apresentado aos brasilienses.

A importância da integração entre todas as áreas de governo também foi ressaltada por Ibaneis Rocha. “Até mesmo porque há várias secretarias que são transversais, que transitam por vários setores do governo, como a de Ciência e Tecnologia. Então, há um projeto sendo elaborado para iniciarmos 2023 com muita firmeza”, acrescentou.

Um dos coordenadores da comissão de transição, o secretário de Governo, José Humberto Pires, disse que a reunião atendeu às expectativas e que as ideias serão aprimoradas. “Amanhã vamos continuar o trabalho com o restante das áreas. Na verdade, hoje foi feito um corte para que pudéssemos ouvir os grupos de trabalho, fazer uma avaliação preliminar e depois vamos complementá-las”, disse.

Metas para o próximo quadriênio

 

Catorze áreas de governo apresentaram números e o planejamento para os próximos quatro anos: Segurança; Administração Penitenciária; Justiça e Cidadania; Educação; Saúde; Desenvolvimento Social; Atendimento à Pessoa com Deficiência; Mulher; Juventude; Família; Planejamento, Orçamento e Gestão; Regiões Administrativas; Ciência e Tecnologia; Trabalho e Renda. Cada gestor teve 15 minutos para sua exposição e o trabalho deveria sugerir metas, quando será executado e recursos (como será feito).

Nesta terça-feira (22), a dinâmica dos trabalhos será a mesma, com a apresentação dos outros 14 eixos temáticos. São eles: Desenvolvimento Econômico; Cultura; Esporte e Lazer; Turismo; Mobilidade Urbana; Infraestrutura; Urbanização e Habitação; Agricultura; Meio Ambiente; Saneamento Básico; Desenvolvimento Urbano; Controladoria-Geral do DF; Procuradoria-Geral do DF; e Defensoria Pública do DF.