Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
5/03/24 às 16h22 - Atualizado em 5/03/24 às 16h22

Sistemas hídricos da Bacia do Rio Preto, no DF, serão modernizados

GDF participa de Acordo de Cooperação Técnica que promove modernização e eficiência hídrica no local

Por Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

Foi formalizado um acordo de cooperação técnica visando a modernização dos sistemas hídricos na Bacia do Rio Preto, situada no Distrito Federal. As ações propostas abrangem desde a adequação dos canais rudimentares de irrigação até a construção de tanques lonados, promovendo o uso mais eficiente e sustentável dos recursos hídricos na região.

O objetivo principal deste acordo é estabelecer uma cooperação mútua entre os participantes, delineando claramente as responsabilidades de cada entidade na implementação das medidas de modernização dos sistemas hídricos na Bacia do Rio Preto | Foto: Divulgação/Seagri-DF

 

Essa parceria estratégica, que envolve diversos órgãos e entidades, é resultado de esforços conjuntos do Governo do Distrito Federal (GDF), representado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do DF (Seagri-DF), do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), da Agência de Bacia Hidrográfica Peixe Vivo (APV), da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater-DF).

“Este acordo representa mais um importante passo na busca pela sustentabilidade hídrica na região do DF, promovendo o uso consciente e responsável dos recursos naturais e contribuindo para o desenvolvimento sustentável das comunidades locais.” reforça o secretário executivo da Seagri-DF, Rafael Bueno.

O objetivo principal deste acordo é estabelecer uma cooperação mútua entre os participantes, delineando claramente as responsabilidades de cada entidade na implementação das medidas de modernização dos sistemas hídricos na Bacia do Rio Preto. Tais medidas serão financiadas por meio da cobrança pelo uso dos recursos hídricos na Bacia do Rio São Francisco.

A modernização proposta inclui a tubulação dos canais existentes e a instalação de dispositivos de controle de derivação e uso de água, com o intuito de minimizar as perdas por evaporação e infiltração, e assegurar um uso mais racional e eficiente dos recursos hídricos disponíveis. Além disso, está prevista a construção de tanques lonados nas propriedades, os quais possibilitarão o armazenamento temporário das águas captadas, sem desperdício por infiltração, garantindo assim a continuidade da irrigação mesmo durante os períodos de restrição de uso de água.

*Com informações da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do DF (Seagri-DF)