Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/04/20 às 19h28 - Atualizado em 3/04/20 às 19h29

Secretaria Executiva das Cidades elabora cartilha “cuidado com o coronavírus”

COMPARTILHAR

Material é voltado para os cerca de 20 mil feirantes do DF

 

A Secretaria de Estado de Governo, por meio da Secretaria Executiva das Cidades, elaborou uma cartilha voltada aos feirantes do DF, com instruções básicas para evitar a proliferação da COVID 19.

 

 

A iniciativa faz parte de um conjunto de ações do governo de forma apoiar a reabertura das feiras permanentes, que ocorreu a partir desta quinta-feira, 3 de abril.

 

A autorização do retorno das atividades das feiras ocorreu por meio da publicação do Decreto nº 40.583, de 1º de abril, somente para a comercialização exclusiva de gêneros alimentícios, seja para consumo humano ou animal, sendo vedados o funcionamento de restaurantes e praças de alimentação, o consumo de produtos no local e a disponibilização de mesas e cadeiras aos frequentadores.

 

O DF tem 38 feiras permanentes e a atividade abrange cerca de 20 mil feirantes do DF.

 

O decreto permitiu a reabertura das seguintes unidades:
– Centrais de Abastecimento do Distrito Federal- CEASA.
– Feira Central de Ceilândia.
– Feira de Hortifrutigranjeiro de Planaltina.
– Feira Modelo de Sobradinho. Feira do Paranoá.
– Feira Permanente de Brazlândia.
– Feira Permanente da Candagolândia.
– Feira Permanente do Cruzeiro.
– Feira Permanente do Gama.
– Feira Permanente do Guará.
– Feira Permanente da Estrutural.
– Feira Permanente da Guariroba.
– Feira Permanente do Jardim Botânico.
– Feira Permanente do Núcleo Bandeirante.
– Feira Permanente do P Norte – Ceilândia.
– Feira Permanente da QNL – Taguatinga.
– Feira Permanente de São Sebastião.
– Feira Permanente de Sobradinho II.
– Feira Permanente da 313 de Samambaia.
– Feira Permanente da 510 de Samambaia.
– Feira do Produtor de Ceilândia.
– Feira do Produtor de Vicente Pires.

 

Acesse aqui a cartilha.

 

Fonte: Cristiane Rocha Pitta – ASCOM SEGOV