Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/01/21 às 14h50 - Atualizado em 18/01/21 às 14h50

Reta final na reforma do Viaduto Ayrton Senna

COMPARTILHAR

Com 90% do serviço finalizado, a obra no guarda-corpo da via tem previsão de ser concluída na primeira semana de fevereiro

 

Obras avançam e caminham para a fase de pintura: mais segurança | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

 

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) está prestes a concluir a reforma do guarda-corpo do Viaduto Ayrton Senna, principal ponto de ligação do Plano Piloto com a Estrada Parque Ceilândia (EPCL/DF-095). A obra se encontra na fase de lixamento do lado norte do elevado. Na sequência, será feita a pintura.

 

“Falta pouco para concluirmos essa importante obra que, além de renovar a estrutura do parapeito desse viaduto, proporciona mais segurança para a população”, destaca o chefe do 5º Distrito Rodoviário, Geraldo Jacinto da Silva.

 

O trabalho já passou pelas etapas de demolição de aproximadamente 300 metros de comprimento e 1,20 m de altura do antigo guarda-corpo e pela substituição da estrutura com a instalação dos novos pilares e das vigas. O lado sul do viaduto foi finalizado na segunda quinzena de dezembro.

 

Iniciado em setembro de 2020, o trabalho conta com 50 operários e está orçado em aproximadamente R$ 633 mil. Aproximadamente 50 mil veículos transitam na parte superior do viaduto e cerca de 70 mil veículos trafegam na parte inferior.

 

“Esse serviço veio em boa hora”, elogia o serralheiro Adalberto Simões, 42 anos, morador de Taguatinga. “Com certeza vou me sentir mais seguro ao passar por esse viaduto sabendo que o guarda-corpo está totalmente reformado.”

 

* Com informações do DER

AGÊNCIA BRASÍLIA * | EDIÇÃO: CHICO NETO