Governo do Distrito Federal
26/12/22 às 10h11 - Atualizado em 26/12/22 às 10h11

Projeto Futuro Campeão treina jovens atletas do DF para competições

Investimento para incentivar práticas esportivas nos COPs neste ano foi de R$ 700 mil; inscrições serão abertas em 2023

Lúcio Flávio, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

O nome já diz tudo: Futuro Campeão. O projeto do Governo do Distrito Federal (GDF) prepara jovens atletas em modalidades esportivas para serem vencedores dentro das quadras e na vida. Parceria entre a Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) e o Instituto Axiomas, o projeto destinou neste ano de 2022, R$ 700 mil em recursos para o programa, beneficiando 232 participantes em todo o DF.

Duas entidades parceiras da SEL, Instituto Bombeiros de Responsabilidade Social (Ibres) e o Instituto Axiomas, são responsáveis por selecionar os meninos e meninas para participarem do programa nas modalidades ginástica acrobática, natação, basquete, saltos ornamentais, tênis, vôlei, atletismo, ginástica rítmica e bocha adaptada.

Equipe Gama/Ibres, do COP do Gama, ganhou medalhas na competição de saltos ornamentais em João Pessoa (PB) | Foto: Josafá Silva/Ibres

Até o momento, 85 vagas foram preenchidas com candidatos selecionados em uma dessas modalidades. A convocação para as inscrições, realizadas por prática esportiva, é feita pelo site da SEL. As novas datas serão apresentadas no início de 2023, após o corpo docente dos institutos apresentarem o calendário de atividades.

No último fim de semana, 30 talentos do futebol foram selecionados no Centro Olímpico e Paralímpico (COP) de São Sebastião para brilhar no Campeonato Candango Juniores, realizado em maio de 2023. Os treinos começam em janeiro.

“Admirável esse projeto, que proporciona a oportunidade desses jovens exercerem o futebol de forma competitiva, atuando na base, e participarem de competições internacionais”, destaca a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira. “O Futuro Campeão é um trabalho social que está atraindo pessoas de todas as regiões do DF. Há atletas que já foram descobertos em várias modalidades e levam o nome do DF para outras regiões do país. É uma realização participar dessa iniciativa”, complementa a gestora.

O projeto promove treinos intensivos cinco vezes por semana. A SEL distribui uniforme, transporte, alimentação e material esportivo. As seletivas do Futuro Campeão são feitas anualmente nos Centros Olímpicos e Paralímpicos da Estrutural, Samambaia, Gama, São Sebastião, Santa Maria e Recanto das Emas, Setor O, Parque da Vaquejada e Sobradinho.

Projeto de saltos ornamentais na piscina do COP do Gama é realizado desde 2012 e acumula destaques em competições

O projeto tem rendido resultados expressivos. Na última semana, a equipe Gama/Ibres, do COP do Gama, conquistou o segundo lugar no campeonato de saltos ornamentais em João Pessoa (PB). Os cinco integrantes do grupo também conquistaram prêmios individuais em várias categorias da modalidade.

O projeto de saltos ornamentais na piscina do COP do Gama acontece desde 2012 e conta atualmente com 20 jovens atletas entre 8 e 16 anos. Além de torneios locais e nacionais, o grupo participa de seletivas de eventos internacionais, como os campeonatos Sul Americano e Pan-Americano.

“Essa já é a nossa terceira leva de atletas contemplados na categoria”, conta o treinador da turma vencedora, Vanderlei Sales de Barros. “O que é um feito, já que é um esporte que não tem tantos praticantes e não é divulgado muito nas mídias, mas Brasília é um celeiro de diferentes atletas”, avalia.

Assistente administrativo do COP do Gama, Josafá Neto Pereira da Silva fala sobre a importância do projeto Futuro Campeão. “É um projeto muito importante, pois visa, de fato, a formação dos atletas para estarem representando o Distrito Federal em competições nacionais e internacionais, como foi agora a participação nas competições do Campeonato Brasileiro de Saltos Ornamentais em João Pessoa”, destaca.

Pai da pequena Sophia Braga, de 11 anos, medalha de ouro no trampolim de 3 m feminino e medalha de bronze na plataforma feminina, o empresário Gilmar de Oliveira Silva comenta a emoção de ver a filha com duas premiações no peito graças ao programa Futuro Campeão. “Estamos muito felizes e orgulhosos. Pois todos os atletas do Gama, tiveram resultados incríveis conquistando muitas medalhas. Motivo de orgulho essa galerinha tão jovem e que vem mostrando grandes talentos. Esses pequenos têm muito futuro”, diz, orgulhoso.