Governo do Distrito Federal
11/11/22 às 9h35 - Atualizado em 11/11/22 às 9h35

Plano Piloto recebe manutenção de bocas de lobo

Ação de limpeza e reforma das estruturas é realizada pelo programa GDF Presente no Setor de Administração Federal Sul

Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

Com a chegada do período chuvoso no Distrito Federal, as manutenções viárias nas regiões administrativas foram intensificadas. No Plano Piloto, o programa GDF Presente trabalha, desde a última segunda-feira (7), em uma ação de limpeza e reforma de bocas de lobo no Setor de Administração Federal Sul.

As chuvas fortes da última semana fizeram com que muita terra descesse para as bocas de lobo do setor, deixando-as entupidas e sujas | Fotos: Divulgação /GDF Presente

O trabalho está sendo executado em trecho de cerca de 1,2 km, na via S2, entre o balão próximo à Cúria Metropolitana de Brasília e a Câmara dos Deputados. A previsão é que a ação atinja cerca de 60 bocas de lobo.

“Com as chuvas fortes da última semana, desceu muita terra para as bocas de lobo do setor. E, com isso, ficaram entupidas, sujas e perigosas para a população”, explica o coordenador do Polo Central Adjacente 3 do GDF Presente, Alexandro Cesar de Oliveira.

Vinte e três pessoas participam da manutenção, entre funcionários do programa, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e reeducandos do programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape). Há o apoio de frota de cinco caminhões, duas pás mecânicas, dois caminhões pipa e um desobstruidor.

A equipe também realizou a retirada de árvores e galhos caídos na Esplanada dos Ministérios, próximo ao anexo da pasta federal de Agricultura. Segundo informações do Polo Central Adjacente 3, as árvores caíram com o impacto das chuvas, durante a madrugada, e foram recolhidas na tarde seguinte.

O coordenador de Licenciamento, Obras e Manutenção da Administração Regional do Plano Piloto, Joe Rodrigues, avalia que, como a cidade está em constante movimento, a atuação do GDF Presente é essencial. “Onde há necessidade de manutenção, o programa vai e resolve”, pontua.