Governo do Distrito Federal
27/10/22 às 9h41 - Atualizado em 27/10/22 às 9h42

Pavilhão do Parque da Cidade ganha centro de treinamento de ginástica

Acordo de cooperação entre a Secretaria de Esporte e a Federação Brasiliense de Ginástica leva aulas do programa Escola de Esportes ao Pavilhão B daquele espaço

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues

O programa Escola de Esportes, realizado pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), acaba de ganhar o Centro Regional de Treinamento e Desenvolvimento da Ginástica. Após acordo de cooperação assinado com a Federação Brasiliense de Ginástica, agora as aulas de ginástica acrobática serão realizadas no Pavilhão B do Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

Entre as atividades oferecidas pelo Programa Escola de Esportes, a ginástica tem grande procura por parte do público infantil e jovem | Fotos: Divulgação/ AKROS

Com mais de 4 mil metros quadrados destinados à prática da modalidade, as atividades do novo centro serão desempenhadas pelas entidades filiadas à federação com o objetivo de incentivar a prática esportiva. Anteriormente as aulas eram ministradas na área seca do Complexo Aquático Cláudio Coutinho. O novo local, além de amplo, comporta todos os equipamentos necessários para os treinos.

“Brasília é a capital de todas as modalidades. E, ao integrarmos o Parque da Cidade à rotina dos atletas da nossa cidade, além de dar novo significado ao espaço, valorizamos a prática esportiva e transformamos o coração da nossa cidade em um centro esportivo de alto rendimento”, pontua a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira.

As aulas do programa Escola de Esportes incluem atividades aquáticas, musculação e ginástica, com grande procura por parte do público infantil e jovem. Destinadas a todas as faixas etárias, essas aulas têm como base estimular hábitos de vida saudáveis e formar equipes esportivas que possam revelar talentos para o cenário esportivo.

Para o presidente da Federação Brasiliense de Ginástica, Carlos Alberto Bezerra, o novo espaço é um ganho enorme para a modalidade. “Estamos abrindo espaço para um upgrade no número de praticantes da ginástica. No primeiro momento as aulas serão para iniciantes e alto rendimento de ginástica acrobática, mas também temos espaço para o alto rendimento da modalidade artística e pretendemos expandir o cronograma para a ginástica rítmica”, afirma.

O acordo de cooperação tem vigência de 60 meses. A previsão de início das atividades no novo espaço é na primeira quinzena de novembro. Inicialmente serão abertas 100 vagas para ginástica acrobática, priorizando os alunos já cadastrados no sistema, e os novos interessados podem se inscrever a partir de 3 de novembro por meio do site do Escola de Esportes.

*Com informações da Secretaria de Esportes