Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/06/21 às 17h59 - Atualizado em 7/06/21 às 18h00

Obras da ponte da Rua 4 caminham para o final

COMPARTILHAR

Neste fim de semana, foram instaladas defensas metálicas nas laterais da pista e colocados 4 mil metros de meios-fios

 

A obra da ponte da Rua 4 que fará a conexão com a Avenida da Misericórdia, em Vicente Pires, deu mais um passo importante para a conclusão. Neste fim de semana, foram instaladas defensas metálicas nas laterais da pista. E concluída a colocação de 4 mil metros de meios-fios.

 

A expectativa da Secretaria de Obras é entregar a ponte da Rua 4 até o fim de junho | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

A passagem, de 82 m de extensão e 13,8 m de largura, já passou dos 90% de execução. “Acredito que em uma semana todas as defensas metálicas estarão no lugar”, pontua o servidor da Secretaria de Obras, Guilherme Pereira. “A ponte está na fase de acabamento. Vai ficar faltando somente calçadas, ajardinamento e a sinalização”, acrescenta ele, que é o responsável por fiscalizar a obra. A expectativa da secretaria é entregar a benfeitoria no final deste mês.

 

O asfalto escuro e novinho, por sua vez, já está pronto para a circulação de veículos. Uma obra que custou R$ 2,3 milhões aos cofres do Governo do Distrito Federal. E que vai facilitar e muito a vida de milhares de moradores da região, evitando o uso da Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

 

Na obra da Ponte da Rua 4, também foram executados 307 metros de drenagem e 380 metros de pavimentação asfáltica| Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

Economia de tempo no trânsito

“Essa é uma obra excelente para a população, pois vai destravar o trânsito por aqui ao dar acesso direto a Taguatinga Centro, ao pistão Norte”, explica o administrador de Vicente Pires, Daniel de Castro.

 

“Antes, os motoristas perdiam muito tempo indo até a EPTG e o engarrafamento por lá é grande. Vão economizar uns 40 minutos no trânsito ao optar pela ponte”, complementa. Cerca de 15 mil motoristas serão beneficiados diariamente.

 

No local, a empresa contratada pela Secretaria de Obras executou ainda 307 metros de drenagem e 380 metros de pavimentação asfáltica.

 

RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: RENATA LU