Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/11/21 às 14h00 - Atualizado em 19/11/21 às 14h00

Obras aceleram na avenida Hélio Prates

COMPARTILHAR

Mesmo com as chuvas, 20% da reforma já está executada; a colocação de meio-fio atingiu 9,43% e a pavimentação também já começou

A primeira fase da obra na avenida Hélio Prates, em Taguatinga, atingiu, esta semana, a marca de 20% dos serviços executados. Mesmo em fase inicial, destaca-se a evolução da drenagem e do pavimento rígido da via, com 20% e 21% das tarefas concluídas, respectivamente. Além disso, a colocação de meio-fio atingiu a marca de 9,43%. A pavimentação e o piso intertravado dos estacionamentos já estão em andamento.

São 3,8 quilômetros de vias que passam por drenagem e terraplanagem para receber 29 mil metros quadrados de material que vai garantir melhor desempenho e durabilidade | Fotos: Divulgação/Secretaria de Obras

“O ritmo da obra está de acordo com o planejamento. Mesmo no período de chuva, vamos seguir à risca o cronograma estabelecido e avançar, principalmente, nos serviços de drenagem”, avaliou o fiscal da secretaria de obras do GDF, o engenheiro Bruno Sousa Almeida.

O primeiro trecho da reforma da avenida Hélio Prates, da via N3 até a M1 em Ceilândia, está sendo preparado para ganhar pavimentação em concreto na pista da direita – incluindo as faixas de desaceleração.

São 3,8 quilômetros de vias que passam por drenagem e terraplanagem para receber 29 mil metros quadrados do material, que vai garantir melhor desempenho e durabilidade, principalmente para o tráfego de veículos mais pesados, como o BRT. O investimento nesta primeira etapa da obra é de R$ 14,3 milhões, gerando cerca de 150 empregos.

“A recuperação da avenida Hélio Prates é mais uma das obras que compõem o Corredor Eixo Oeste. Além dessa, estão em andamento a construção do túnel de Taguatinga, o viaduto da Epig, dois novos viadutos no Setor Policial e a reforma completa da ESPM. Essas obras têm por objetivo a criação de um corredor exclusivo de ônibus, estimulando o uso do transporte público e reduzindo a quantidade de veículos nas pistas da cidade”, explica Luciano Carvalho, Secretário de Obras do DF.

Saiba mais

A reforma total da avenida – que homenageia um ex-governador da capital e que cruza Taguatinga, ligando o Sol Nascente/Pôr do Sol ao Pistão Norte – tem investimento superior a R$ 68 milhões e deve empregar cerca de 900 pessoas.

O local abriga diversas instituições de ensino, saúde e esporte, além de residências e estabelecimentos comerciais, razão pela qual apresenta alto índice de circulação de pessoas e carros.

Serão feitos serviços de drenagem, ampliação e remodelação de calçadas e estacionamento, pavimentação, construção de via marginal, ciclovia, mobiliário urbano, paisagismo, arborização e sinalização em 7,2 quilômetros de pista.

* Com informações da Secretaria de Obras