Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/01/21 às 17h18 - Atualizado em 11/01/21 às 17h18

Mutirão de limpeza no SIA recolhe 267 toneladas de lixo

COMPARTILHAR

Resíduos incluem entulhos, pneus e galhos de árvores. Ação durou cinco dias

 

A ação faz parte do planejamento da administração que, mesmo sem demandas registradas na Ouvidoria, se esforça para manter a cidade limpa | Foto: divulgação

 

Entulho acumulado em áreas públicas vazias, pneus descartados irregularmente, galhos de árvores que caem com as chuvas ou resto de podas jogados no meio da rua já não fazem mais parte da paisagem do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). Em cinco dias, um mutirão de limpeza feito pela administração regional e com o apoio do GDF Presente retirou 267 toneladas de resíduos espalhados pela região administrativa.

 

A ação faz parte do planejamento da administração que, mesmo sem demandas registradas na Ouvidoria, se esforça para manter a cidade limpa. Apesar de ser uma RA com características diferentes das demais e não ser uma área predominantemente residencial, o lixo descartado de forma irregular exige limpeza constante.

 

“Algumas empresas fazem reformas e jogam o resto de material de construção em áreas de transbordo irregular, cortam árvores e arremessam os galhos em áreas públicas, descartam pneus velhos em qualquer lugar”, conta o diretor de Obras da administração regional, Fernando Fernandez Dias. “Toda semana temos que passar recolhendo”, acrescenta.

 

A limpeza foi feita nos trechos 1, 2 e 3, no Setor de Abastecimento e Armazenagem Norte (SAAN), no Setor de Oficinas Norte (SOF Norte), no Setor de Chácaras, no Setor de Inflamáveis e no de Cargas. Além disso, foi feita a lavagem de 16 paradas de ônibus e limpeza de 20 bocas de lobo na Feira dos Importados de Brasília.

 

Segundo a administradora do SIA, Luana Machado, a retirada de entulhos e o recolhimento de pneus é uma importante medida no combate à dengue. “É muito bom ter esse reforço do GDF Presente. Agradecemos ao governador Ibaneis Rocha, que sempre nos deu todo o suporte necessário para atender à população”, afirma.

 

O programa do Governo do Distrito Federal que auxilia na zeladoria das cidades do DF leva ao SIA uma vez por mês sete caminhões que auxiliam no recolhimento de lixo, uma pá-carregadeira e um caminhão pipa que auxiliou na lavagem dos pontos de ônibus.

 

São Sebastião

O Polo Leste do GDF Presente recuperou um trecho de 2 km na estrada principal do Núcleo Rural Capão Comprido, em São Sebastião | Foto: divulgação

 

O Polo Leste do GDF Presente recuperou um trecho de 2 km na estrada principal do Núcleo Rural Capão Comprido, em São Sebastião. Cerca de 15 mil pessoas moram no local. Uma antiga região de chácaras que foram parceladas irregularmente, se tornou uma ocupação com características urbanas, mas que está em processo de regularização e cujas vias ainda não são asfaltadas.

 

“Em um determinado trecho da avenida comercial, tinha muitos atoleiros devido às chuvas e os carros não conseguiam subir”, explica Leandro Cardoso de Souza, um dos responsáveis pela coordenação do Polo.

 

As equipes compactaram no solo 30 toneladas de expurgo de brita doados pela Pedreira Contagem, na Fercal, e 30 toneladas de resto de material de construção civil que a administração recolhe nas ruas e armazena no Pátio de Serviços para colocar em erosões.

 

“A rua estava intransitável, cheia de buracos. Os caminhões que vinham fazer entregas não passavam. Agora ficou ótimo”, elogia José Antônio da Silva Neves, 46 anos, morador há 18 anos do Capão Comprido e dono de um mercadinho no local.

 

O GDF Presente também fez a roçagem do mato no interior do Parque de Exposições de São Sebastião, recolheu 16 toneladas de entulho no Residencial Oeste e fez operação tapa-buracos na via de acesso ao Residencial do Bosque e Bela Vista. Foram aplicadas quatro toneladas de massa asfáltica no local.

 

GIZELLA RODRIGUES, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: CAROLINA JARDON