Governo do Distrito Federal
20/10/22 às 17h29 - Atualizado em 20/10/22 às 17h29

Marginal norte do Túnel de Taguatinga interditada para reforma

Fluxo de motoristas indo do Plano Piloto para Ceilândia será desviado para o corredor exclusivo para ônibus, na parte superior da passagem subterrânea, assim que pavimentação do trecho for finalizada

Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

A marginal norte do Túnel de Taguatinga será interditada para reforma no pavimento. A via fica ao lado do boulevard da estrutura viária e conecta a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) à Avenida Comercial. O fluxo de carros e ônibus no sentido Plano Piloto-Ceilândia será desviado para o corredor exclusivo para BRT, situado na parte superior do túnel.

A transferência de tráfego começará assim que for finalizada a pavimentação nas faixas de rolamento dedicadas ao transporte público coletivo, processo iniciado nesta terça-feira (18). Antes da aplicação de pavimento rígido, o trecho de cerca de 150 m passou por terraplanagem e compactação.

 

Novo trecho já passou por terraplanagem e compactação; quando a pavimentação for concluída, começa o desvio de tráfego | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

Com o desvio, ao entrar em Taguatinga, os carros e ônibus seguirão pela pista exclusiva até a altura da Avenida Comercial e depois retornarão para a marginal norte do túnel até a Samdu Norte.

Na marginal norte do Túnel de Taguatinga será executado o recapeamento do pavimento e a reforma de calçadas e acessibilidade. O trabalho já foi concluído na marginal sul da estrutura viária. O trecho foi liberado no dia 1º deste mês para o tráfego de carros e motos vindos de Ceilândia rumo ao Plano Piloto.

De acordo com o secretário de Obras, Luciano Carvalho, desvios e liberações em etapas fazem parte do processo de conclusão da obra. “É um passo a passo; temos uma sequência de trabalho porque não podemos atropelar as etapas”, aponta. “Em breve, devemos liberar o acesso vindo de Ceilândia para o Plano Piloto entre a Samdu e a Comercial. Hoje já temos liberado o trecho entre a Comercial e o Pistão Sul”.

Para o secretário de Governo, José Humberto Pires, os maiores beneficiados são os motoristas e pedestres. “Tem um impacto muito forte no dia a dia da população, da comunidade de uma maneira geral, de todos os que moram na região e usam o sistema viário para trafegar de um lado para outro”, pontua. “A parte final da obra é a liberação da travessia plena do túnel nos dois sentidos, mas, enquanto isso, a obra está sendo entregue e liberada na medida em que fica pronta”.

Maior obra viária em andamento no país, o Túnel de Taguatinga mobilizou R$ 275 milhões em investimento, oriundos de financiamento firmado pelo Governo do Distrito Federal e a Caixa Econômica Federal. Serão beneficiados 137 mil motoristas.