Governo do Distrito Federal
24/10/22 às 9h10 - Atualizado em 24/10/22 às 17h45

Mais conforto a motoristas com novo estacionamento na QS 5, em Taguatinga

Com área aproximada de mil metros quadrados, o espaço público terá capacidade para 25 veículos; obra está em andamento

Catarina Loiola, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

Um novo estacionamento está sendo construído na QS 5, em Taguatinga, pelo programa GDF Presente. O espaço público, executado em blocos entrevados, terá área aproximada de mil metros quadrados, com capacidade para 25 veículos.

Equipes do GDF Presente trabalham em novo estacionamento na QS 5, em Taguatinga | Foto: Divulgação/GDF Presente

De acordo com o diretor de Obras da Administração Regional de Taguatinga, Phelipe Ferreira, a construção está em andamento desde a primeira semana deste mês e deve ser concluída em novembro. Já foram realizados os trabalhos de nivelamento e terraplanagem e, nesta semana, iniciou-se o assentamento dos bloquetes. “É uma área de muita movimentação, próxima a um setor residencial, então era reivindicação antiga”, diz Ferreira. Participaram seis reeducandos da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), vinculada à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

Coordenador do Polo Oeste II do GDF Presente, Elton Walcacer, responsável pelas ações em Taguatinga e Ceilândia, afirma que o trabalho visa beneficiar toda população. “É uma obra que gera mais conforto aos motoristas e mais segurança aos pedestres”, completa.

Para o síndico de um condomínio próximo ao novo estacionamento, Orlando Vieira, 56 anos, a criação do espaço público representa a realização de um sonho da comunidade. Ele conta que os condôminos pediam a construção havia quase uma década e que se mobilizaram para tentar cuidar da área.

“Como era um ponto quase abandonado, nós, moradores, cuidávamos do que era possível, fazendo a limpeza e colocando brita. Mas, à medida que os carros estacionavam, o local voltava a ficar ruim, com muita poeira e, durante as chuvas, com muita lama”, revela Orlando. “Era um estacionamento improvisado e, agora, finalmente é um espaço planejado”.