Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/08/21 às 15h36 - Atualizado em 31/08/21 às 15h36

Laje do Túnel de Taguatinga começa a ser concretada

COMPARTILHAR

Etapa deve durar seis meses e é uma das mais importantes fases da maior obra viária do Brasil. Governador Ibaneis Rocha acompanhou início dos serviço

Considerada uma das maiores obras viárias em andamento no país, o Túnel de Taguatinga chega a uma importante etapa de execução: a concretagem da laje. A fase consiste em preencher o teto do túnel com brita, areia, cimento e outros materiais em um metro de espessura. O serviço teve início no passado sábado (28) e, nesta terça (31), foi acompanhado de perto pelo governador Ibaneis Rocha e secretários de governo. Atualmente, a obra do túnel está 45% executada.

 

O Túnel de Taguatinga conta com um investimento de R$ 275,7 milhões e gera cerca de dois mil empregos. Os serviços, que estão 40% executados, vão beneficiar mais de 137 mil motoristas, desafogando o trânsito da região | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

“Chegamos numa fase muito importante que é a concretagem das lajes. Ela será feita em duas etapas, uma no sentido Ceilândia-Taguatinga e outra no sentido Taguatinga-Ceilândia. Para cada laje concretada são utilizados em torno de 30 caminhões de concreto. É gostoso ver o andamento da obra porque a gente sabe a importância desse túnel para a região. São mais de 20 anos que a população aguardava por ela”, destacou o governador Ibaneis Rocha.

A concretagem da laje tem sido executada por dezenas de profissionais e é dividida por etapas. Normalmente, cada trecho de 13 metros de largura por 40 metros de comprimento é considerado um bloco feito. Todo esse trabalho de concretagem deve durar seis meses para ser concluído, como explica o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

“Essa etapa deve durar em torno de seis meses. É uma etapa muito importante e sabemos que a laje sofre esforços e impactos diferentes. Aqui, no trecho atual, temos uma altura menor de terra, de aterro sobre a laje. Por isto, é uma laje maciça. Mais para frente, onde a altura do aterro é maior, nós teremos uma laje nervurada”, explicou o secretário.
O Túnel de Taguatinga conta com um investimento de R$ 275,7 milhões e gera cerca de dois mil empregos. Os serviços, que estão 40% executados, vão beneficiar mais de 137 mil motoristas, desafogando o trânsito da região.
Um dos beneficiados com o túnel é o cabeleireiro Cristiano Lemos, morador de Taguatinga há mais de 20 anos. Para ele, a obra é “boa para o povo não só de Taguatinga, mas para toda Brasília porque vai melhorar o trânsito no centro de Taguatinga, que é muito movimentado”.

Obra

A concretagem da laje tem sido executada por dezenas de profissionais e é dividida por etapas. Normalmente, cada trecho de 13 metros de largura por 40 metros de comprimento é considerado um bloco feito | Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

Com previsão de entrega para 2022, a passagem subterrânea fará uma ligação para motoristas que trafegam no sentido Ceilândia, pela Avenida Elmo Serejo, além de oferecer uma via alternativa pela superfície para o centro de Taguatinga. Isso vai evitar a retenção de veículos nos semáforos do centro da cidade.

Com a conclusão da obra, os carros que estiverem na Avenida Elmo Serejo, sentido Plano Piloto, vão entrar pelo túnel e sair na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Do outro lado, aqueles que chegarem a Taguatinga pela EPTG também passarão pelo túnel até o início da Via Estádio, saindo logo após o viaduto da Avenida Samdu.

Vias marginais darão acesso às avenidas Comercial Sul e Norte e Samdu Sul e Norte. A passagem subterrânea terá 1.010 metros de extensão e vai contar com duas vias paralelas, cada uma com três pistas de rolagem em cada sentido.