Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/10/21 às 14h25 - Atualizado em 21/10/21 às 14h28

Include leva esperança para jovens do DF

COMPARTILHAR

Projeto do GDF, que já formou cerca de 3,2 mil estudantes em áreas de tecnologia, certifica mais 500 adolescentes no curso de robótica

Com apenas 17 anos, Diego da Rocha Barros, do Paranoá, está cheio de expectativas para ingressar no mercado de trabalho em seu primeiro emprego. Ele faz parte do grupo de 500 estudantes de diversas cidades do Distrito Federal que receberam, na manhã desta quarta-feira (20), certificado de conclusão do curso de robótica oferecido pelo Projeto Include, do Governo do Distrito Federal (GDF) em parceria com o Instituto Campus Party.

 

O Include retomou as aulas presenciais em 30 de agosto e entregou, na manhã desta quarta, 500 certificados de conclusão do curso de robótica |  Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

O programa oferece cursos para jovens entre 10 e 18 anos, gratuitamente, e já formou aproximadamente 3,2 mil estudantes. O objetivo é possibilitar o ingresso dos adolescentes no mundo digital e no mercado de trabalho. “Com a conclusão do curso, já quero trabalhar. Pretendo continuar no projeto, como monitor, mas meu foco agora é um emprego na área”, afirmou Diego.

Além do Paranoá, jovens de cidades como Itapoã, Sol Nascente, Estrutural, Água Quente, Gama, Santa Maria, Granja do Torto, Samambaia, Recanto das Emas, Taguatinga e do Café sem Troco – área rural da região do Paranoá – puderam desfrutar dos laboratórios e dos cursos de metodologia e linguagem de software, hardware, programação eletrônica, sensores e mecânica, além da robótica.

Por cerca de dois meses, a estudante Ayshah Santana Dantas, de 14 anos e do Itapoã, participou do curso. Agora, com o certificado nas mãos, ainda não decidiu se pretende ir em busca de uma vaga no mercado de trabalho ou priorizar os estudos. Mas uma coisa para ela é certa: “A formação pelo projeto Include vai abrir portas para o futuro. A tecnologia é um dos ramos mais importantes hoje, independentemente da área de atuação”, concluiu.

O vice-governador Paco Britto, que participou da entrega dos certificados aos estudantes, lembrou da importância de adquirir conhecimento e enfatizou as ações do GDF neste sentido. “Temos a responsabilidade de transferir a vocês educação e cultura. E o governador Ibaneis Rocha vê, em cada jovem do Distrito Federal, a esperança de uma cidade melhor porque vocês são sim, a esperança do futuro”, afirmou. Paco agradeceu, ainda, emendas parlamentares na casa de R$ 4 milhões, disponibilizadas por deputados distritais para a realização do projeto.

De acordo com o secretário de Governo, José Humberto Pires, o curso oferecido aos jovens deve ser visto como uma forma de “alavancar o futuro”. “Comecei como empacotador de supermercado e isso alavancou a minha vida. Hoje vejo pais e mães, ao lado de seus filhos, comemorando essa oportunidade de mudança de vida”, assegurou.

Com aulas que passaram a ser on-line, devido à pandemia, o Include retomou as aulas presenciais em 30 de agosto deste ano. Para o presidente da Campus Party, Francesco Farruggia, alguns estudantes tiveram dificuldade com o acesso à internet e a possibilidade de que as atividades voltem a ser presenciais em 2022 vai permitir que os alunos apliquem na prática os conhecimentos adquiridos na teoria.

O secretário de Ciência e Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, pasta que gerencia o projeto, apontou o Include como uma forma de suprir a demanda do mercado com profissionais capacitados na área de tecnologia. “O mercado precisa de milhares de pessoas na área de tecnologia. Nós não temos desenvolvedores de software, pessoas preparadas na área de TI, e essas vagas oferecem excelente remuneração. Agora, vocês estão aptos”, destacou. Discurso que foi reforçado pela diretora do projeto, Sidiane Zanin: “Queremos que vocês ocupem esses espaços”, completou.

Para o vice-presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Rodrigo Delmasso, o papel dos políticos é fazer com que os sonhos dos jovens que participaram do projeto se tornem viáveis e que o conhecimento dos estudantes, adquirido no DF, seja absorvido pela capital. “São mentes brilhantes, que não podem ir para fora de Brasília”, ponderou.

Visita ao gabinete

O governador Ibaneis Rocha recebeu alunos do programa Include em seu gabinete no Palácio do Buriti. “Parabéns pelos estudos, pelo curso no Programa Include. É possível ir longe com a inclusão digital. Acreditem no potencial de vocês”, disse o governador aos jovens.

Moradora de Ceilândia, a jovem Emanuelle Alves, de 18 anos, foi uma das alunas recebidas por Ibaneis Rocha. “Um curso desses nunca passou pela minha imaginação de ser gratuito e oferecido pelo governo, então é uma oportunidade bacana”, comemora. Para o jovem Rian Gomes, de 15 anos, ter participado do Include foi uma experiência incrível. “Foi muito divertido, aprendi a fazer robôs. Foi legal ter acesso a essas coisas”, disse.