Governo do Distrito Federal
23/01/23 às 9h40 - Atualizado em 23/01/23 às 9h40

GDF Presente retira entulhos de três lixões em Ceilândia Norte

Espaços costumam ser usados para descarte de móveis velhos, materiais de construção, entre outros

Rafael Secunho, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

As máquinas do programa GDF Presente e da Administração Regional de Ceilândia trabalharam, na última semana, na recuperação de três áreas de descarte irregular de inservíveis e entulhos. Todas ficam localizadas na Ceilândia Norte e são usadas pelos ‘sujões’ normalmente para descarte de móveis velhos, materiais de construção, entre outros. As áreas ficam na QNQ 1, próximo ao setor de indústrias da cidade, na QNO 10 e na lateral da via DF-451, em um local de intenso tráfego de veículos.

Limpeza foi realizada em áreas de Ceilândia Norte, devido ao descarte irregular de inservíveis e entulhos | Foto: Divulgação/GDF Presente

O trabalho consiste na limpeza das áreas de transbordo, na terraplanagem dos locais e, a seguir, na instalação de algum obstáculo para limitar a entrada dos veículos que deixam o lixo. “Estamos atuando em diversas áreas aqui em Ceilândia, dentro da força-tarefa de 90 dias que está atendendo tanto a cidade como Taguatinga e Sol Nascente após as fortes chuvas”, explica o administrador Dilson de Almeida.

“Nesta área da QNQ, por exemplo, foi feita a limpeza, o reaterro da área e o nivelamento. Serão instalados meios-fios ali em volta e esperamos que a sujeira diminua no local”, acrescenta o gestor. Neste local, inclusive os carros estavam passando por cima de uma ciclovia para acessar o lixão, danificando a pista das bicicletas. Segundo a gerência de obras de Ceilândia, foram usados seis caminhões trucados de terra para nivelar os espaços.

“É um serviço em que contamos com a parceria do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), que nos ajuda a desocupar as áreas”, relata o coordenador do Polo Oeste II, Elton Walcacer. De acordo com ele, a área de transbordo da DF-451 era a mais suja entre elas. De lá, já foram retiradas mais de 20 toneladas de lixo nesta ação. “Precisamos da colaboração da população para evitar a degradação desses espaços com tanto lixo”, finaliza.