Governo do Distrito Federal
27/06/22 às 9h47 - Atualizado em 27/06/22 às 9h47

GDF Presente reforma calçadas e faz limpeza nas proximidades de igrejas

Serviços estão focados em áreas públicas ao redor de paróquias localizadas no Setor Oeste do Gama, Vila Telebrasília, Vila Planalto e Asa Sul, além da Praça do Cruzeiro

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

As vias públicas que circundam a Paróquia Nossa Senhora da Paz, no Setor Oeste do Gama, estão passando por manutenção. O GDF Presente iniciou o serviço nesta sexta-feira (24), com a ajuda da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) – só no primeiro dia de trabalho, foram usadas nove toneladas de massa asfáltica. As calçadas e meios-fios nas imediações da igreja também estão em reforma.

Só no primeiro dia de trabalho, foram usadas nove toneladas de massa asfáltica para melhorar as vias próximas à Paróquia Nossa Senhora da Paz | Foto: GDF Presente

“Como os acessos a templos religiosos são espaços de grande mobilidade, a má conservação das vias adjacentes traz muitos transtornos”, avalia a chefe da Divisão de Manutenção de Vias (Dimav) da Novacap, Walquiria Marra Rodrigues. “Estamos com uma equipe de nove funcionários recuperando o asfalto – os trabalhos serão concluídos na próxima semana.”

A Paróquia Nossa Senhora da Paz não é a única a ser beneficiada pelas ações do GDF Presente. Nos últimos dois meses, o governo levou melhorias para as imediações de diversos templos religiosos. Os cuidados chegaram à Capela São Pedro Nolasco, na Vila Telebrasília; à Igreja Evangélica Entre as Nações, na Vila Planalto; à Capela São José do Ribamar, na Asa Sul; e à Assembleia de Deus Manancial da Vida, na Vila Telebrasília, entre outras.

Limpeza de áreas públicas

Nas redondezas da Capela Nossa Senhora de Fátima (307 Sul), uma ação de limpeza recolheu 28 toneladas de lixo verde e entulho. “Contamos com dez internos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) e oito colaboradores do Departamento de Parques e Jardins [DPJ] da Novacap para realizar o serviço“, afirma o coordenador do Polo Central III, Alexandro César. “O passeio público em volta da Igrejinha também foi todo higienizado.”

Para a aposentada Guaraciaba Nunes, 78 anos, é uma felicidade diária ver a região ao redor da capela tão bem cuidada. “Faz anos que caminho por aqui com meu marido todas as manhãs. Observamos de perto as melhorias feitas nas redondezas na Igrejinha”, comenta a moradora da 308 Sul. “As calçadas estão muito limpas, a grama está rastelada… Ficou muito agradável andar por aqui”.

A operação de limpeza do GDF Presente também passou pela Paróquia Nossa Senhora da Saúde (702 Norte) – cerca de 24 toneladas de entulho foram retiradas das imediações do local. “Temos um espaço muito arborizado na área pública ao redor da igreja. A quantidade de folhas no chão era enorme”, afirma o padre Rafael Souza dos Santos. “Na seca, havia um grande risco de incêndio, enquanto na época da chuva o alagamento era certo. A limpeza foi muito importante.”

Na região da Paróquia de Nazaré, placas de concreto danificadas foram substituídas e a Novacap cuidou da manutenção das vias adjacentes | Foto: GDF Presente

Calçamento mais seguro

O trabalho feito nas imediações da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, localizada no início do Lago Sul, não envolveu limpeza. Lá, o problema era outro: um passeio público em péssimo estado de conservação. As placas de concreto danificadas foram substituídas e a Novacap cuidou da manutenção das vias adjacentes.

As melhorias tiveram um significado especial para a aposentada Telma Mara Dias, 70 anos. Frequentadora da Nossa Senhora de Nazaré há mais de dez anos, ela levou um tombo feio na calçada em frente à paróquia. “Estava tudo quebrado, era difícil caminhar por ali”, relembra. “Fiquei muito realizada quando arrumaram o passeio. A gente nunca tinha tido uma assistência como essa do governo.”

As vias adjacentes à Praça do Cruzeiro também passaram por manutenção. Além disso, dez internos da Seape e 20 funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) cuidaram da capinagem, da limpeza e até da pintura da grande cruz que caracteriza o ponto turístico. Ao todo, seis toneladas de entulhos foram retirados do local.