Governo do Distrito Federal
28/12/22 às 10h19 - Atualizado em 28/12/22 às 10h19

GDF Presente faz manutenção em vias não pavimentadas de Planaltina

O trabalho abrange toda a área do Núcleo Rural Sítios Agrovale, onde os reparos são essenciais para garantir o escoamento da produção agrícola; confira outras ações do programa

Catarina Lima, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

Mais uma região administrativa do Distrito Federal recebe manutenção de vias não pavimentadas. O Polo Norte do GDF Presente e a Administração Regional de Planaltina atuam, desde o dia 20, em trabalhos nas estradas do Núcleo Rural Sítios Agrovale, situado naquela região administrativa. De acordo com o coordenador do polo, Ronaldo Alves, já foram utilizadas 300 toneladas de resíduos da construção civil (RCC) para fazer ajustes e corrigir os problemas causados pelas chuvas.

Equipes operam as máquinas que corrigem as vias afetadas pelas chuvas | Foto: Divulgação/GDF Presente

Além do RCC, foi utilizado no trabalho um agregado de brita do tipo 2, cedido pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). O maquinário empregado inclui uma patrol – equipamento para serviços de terraplanagem –, três caminhões trucados e um caminhão pipa. Os reparos nas áreas rurais de Planaltina são fundamentais para o escoamento da produção agrícola da cidade, que é um dos maiores produtores do DF.

Comunidade rural

Planaltina possui um território de 1,5 mil km², incluindo as áreas urbana e rural – que ocupa a maior parte da região. Movimentam a produção local os cultivos de soja, milho, feijão, sorgo, trigo, café, hortaliças e frutíferas, além da criação de bovinos, suínos e aves.

O Núcleo Rural Agrovale foi criado em 1996 com o objetivo de promover a produção agropecuária e incentivar a produtividade; desenvolver laços de cooperativismo e associativismo; impedir a degradação do ambiente; e promover o reflorestamento de áreas não agricultáveis ou de preservação ambiental, além de proporcionar o uso adequado do solo com o emprego de técnicas de recuperação e de preservação.

As chuvas, principais responsáveis pela degradação das vias não pavimentadas no Distrito Federal, deverão continuar. De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para os próximos dias na cidade é de mais precipitações pluviométricas.