Governo do Distrito Federal
11/03/22 às 15h11 - Atualizado em 11/03/22 às 15h11

GDF oferece curso de Libras para servidores

Inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira (15); são 90 vagas para o curso, que é presencial

Garantir atendimento e tratamento adequado aos deficientes auditivos, como determina a legislação, é um dever do Estado. Cumprindo sua responsabilidade, o Governo do Distrito Federal (GDF) oferta cursos de Língua Brasileira de Sinais (Libras), por meio da Escola de Governo (Egov), aos servidores públicos que atuam no atendimento aos cidadãos.

As inscrições podem ser feitas até a próxima terça-feira (15) na plataforma da Egov. O curso é presencial e tem carga horária de 60 horas, distribuídas em quatro horas diárias de aulas. Serão oferecidas 90 vagas, distribuídas em três turmas. Em 2021, 57 servidores de diferentes órgãos do GDF concluíram as turmas de Libras ofertadas, divididas nos módulos básico I e básico II.

De acordo com a diretora-executiva da Egov, Juliana Tolentino, a capacitação em Libras visa não somente à consolidação efetiva de políticas públicas inclusivas, mas também à promoção do exercício de cidadania. “É sabido que os órgãos públicos devem prestar tratamento apropriado aos deficientes auditivos, e, por isso, a Egov abriu mais uma vez as capacitações em Libras.  Assim, todo o governo está promovendo a inclusão cidadã”, declarou.

Arte: Egov

A servidora da Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas (Subed) da Secretaria Justiça e Cidadania (Sejus) Cleyla de Oliveira participou de uma das turmas do curso em 2021. Ela afirma que a experiência superou as suas expectativas. “O curso possibilita a inclusão dos surdos, pois permite a interação deles com ouvintes, aproximando o Estado de seus usuários cidadãos. A realização da capacitação em Libras pela Egov é um marco para o GDF, que zela pelo atendimento ao público que carece imensamente de inclusão social”, diz.

Legislação

A Lei nº 10.436, que vigora desde 2002, reconheceu a Libras como meio legal de comunicação e de expressão dos surdos em todo o território nacional, institucionalizando também formas de apoio à difusão da língua de sinais e seu uso como idioma oficial.

A instituição da lei deu maior visibilidade para a comunidade surda no Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há aproximadamente 10 milhões de pessoas com surdez no Brasil. Esse número corresponde a 5% da população.

Serviço

Curso de Libras

Inscrições: até terça-feira (15), pela plataforma de inscrições da Egov

Módulo básico I (Turma 1) – do dia 22 deste mês a 6 de junho

Módulo básico I (Turma 2) – do dia 22 deste mês a a 1º de junho

Módulo básico II – do dia 21 deste mês a 1º de junho

Carga horária: 60 horas

Modalidade: presencial

Agência Brasília* | Edição: Claudio Fernandes