Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/06/20 às 12h37 - Atualizado em 16/06/20 às 12h37

GDF avança na construção de creches

COMPARTILHAR

Compromisso firmado com FNDE prevê licitação de dez novos CEPIs até o fim deste ano

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) está desenvolvendo parcerias para construir e equipar mais Centros de Educação da Primeira Infância (CEPIs), as creches. Neste primeiro semestre foram publicados quatro editais de licitação para a contratação das empresas que irão construir esses espaços. Até o fim do ano, serão mais seis editais.

A ação é uma parceria do GDF com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que irá investir pouco mais de R$ 4 milhões em cada uma das unidades educacionais. As creches de Planaltina (quadra 23), Gama (entrequadra 1/2), Recanto das Emas (quadra 109) e Vila Telebrasília já estão com concorrência marcada para o início de julho. A unidade que será construída na EQNP 8/12, em Ceilândia, terá seu edital publicado até o fim deste mês.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) é a empresa responsável pelos projetos. Virgínia Cussi Sanchez, diretora de Edificações do órgão, explica que o material já está pronto, aguardando aprovações do Corpo de Bombeiros Militar e da Companhia Energética de Brasília (CEB). “Este plano está dividido em três etapas. Em cada uma delas constam cinco novas creches. Dez serão licitadas este ano e cinco, em 2021”, comentou Virgínia.

As próximas licitações contemplarão as unidades do Guará, Santa Maria, Samambaia, quadra 112 do Recanto das Emas e do DVO (Gama). Moradora do Guará, Micheli Sousa, tem dois filhos e lamenta não ter sido contemplada com uma vaga em creche quando eles eram menores. “Perdi muitas oportunidades de emprego por não ter com quem deixar as crianças. Se nós tivéssemos mais vagas aqui no Guará, teria sido diferente. É muito bom que este governo esteja aumentando a quantidade de creches”, comemora ela.

De acordo com os projetos desenvolvidos pela Novacap, os novos CEPI’s contarão com infraestrutura completa para receber os pequenos. Serão dois blocos interligados por um pátio interno.

O bloco A será constituído de hall; secretaria; sala de professores e reuniões; direção; almoxarifado; banheiros adultos com acessibilidade; sala de amamentação; área de preparo de alimentos (mamadeiras e sopas); bancada de entrega de alimentos prontos; duas salas de atividades para crianças de 0 a 11 meses; dois fraldários; solário; sala de telefonia e elétrica; sanitário PCD infantil; copa para funcionários e; lavanderia.

Nesta ala também será construída a cozinha, projetada de forma a respeitar as boas práticas na manipulação de alimentos, com bancadas separadas para os diferentes tipos de comidas a serem preparadas. Além disso, a central de GLP garantirá mais segurança à comunidade escolar, assim como o espaço adequado para o descarte de lixo.

No bloco B serão desenvolvidas as atividades para crianças de um ano a cinco anos e 11 meses. Esta ala contará com oito salas de atividades, cinco banheiros infantis (incluindo unidade para PCD), dois sanitários para professores, dois solários, sala multiuso e, depósito.

Na área externa estão projetados o playground, jardins, o castelo d’água e a área de estacionamento. “Todas as áreas foram desenvolvidas para oferecer muito conforto e, principalmente, muita segurança às crianças que ficarão nas creches. Os projetos contemplam acessibilidade total às pessoas com deficiência e garantem fluidez nas dinâmicas de cuidados com os alunos”, conclui a diretora de Edificações da Novacap.

 

*AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: FREDDY CHARLSON – Com informações da Novacap