Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/03/21 às 14h26 - Atualizado em 12/03/21 às 14h28

Fechada erosão de 2 metros perto de parque ecológico

COMPARTILHAR

Equipes trabalham para tapar a vala e reconstroem calçadas destruídas, em atalho do Pistão Sul. Operação garante segurança e mobilidade aos moradores

 

 

RAFAEL SECUNHO, AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: ABNOR GONDM

Grande vala restringia o trânsito às margens do Parque Ecológico Boca da Mata | Foto: Divulgação/GDF Presente

 

O fechamento de uma grande vala que se formou às margens do Parque Ecológico Boca da Mata, em Taguatinga Sul, foi mais uma das principais missões do GDF Presente realizadas nesta semana.

Equipes do Polo Oeste 2 do programa, da Novacap e da Administração Regional trabalham desde segunda-feira (8) no local, com o fechamento da erosão, a limpeza da área e a reconstrução de calçadas que foram danificadas com o tempo.

Os serviços avançam na rua da QSE 19, que faz divisa com o Parque Boca da Mata. A população elogia a iniciativa.

“Essa é uma reforma que a gente sempre pediu, pois o buraco estava com quase 2 metros de altura e, na curva, é muito perigoso. Ali é um atalho que os motoristas usam para fugir do engarrafamento do Pistão Sul”, explica o líder comunitário da região, César Pereira. “A comunidade vai ficar muito satisfeita”, adianta ele.

 

 

As bocas de lobo dos arredores também passam por desobstrução | Foto: Divulgação/GDF Presente

Desobstrução

O estrago era grande, mas será todo reparado. As bocas de lobo dos arredores também passam por desobstrução.

Vinte operários estão trabalhando no nivelamento do solo, reconstrução da tubulação de água pluvial, colocação de manilhas de concreto, além de calçadas novas.

“Há quase 10 anos, os moradores pedem providências ali nesse trecho do Boca da Mata. Agora vamos, em um trabalho conjunto dos órgãos, acabar com a cratera que se formou”, pontua o administrador de Taguatinga, Bispo Renato Andrade.

“Só pedimos à população que não jogue mais lixo no local, sob o risco trazer mais danos”, acrescenta.

Segundo o coordenador do polo, Elton Walcacer, a obra deve ser concluída em cerca de dez dias.

“Ali, é um trabalho mais criterioso onde estamos contando com um grande apoio da Novacap. Além do mais, a ação vai contribuir para preservar a área verde do parque ecológico”, explica ele.

Samambaia

Em Samambaia, equipes do Pólo Oeste investem na manutenção de antigas áreas, que eram usadas como lixão pelos moradores. Os terrenos localizados nas quadras 116 e 608 foram cercados com novos pneus para impedir o acesso de carros e carroças; e em seguida, limpos.

Já na Área de Desenvolvimento Econômico (ADE), próximo à rodovia BR-060, foi feita a retirada de entulhos e inservíveis. Cerca de 70 toneladas de lixo foram recolhidas pelas equipes do GDF Presente.