Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/02/21 às 7h36 - Atualizado em 10/02/21 às 7h37

Escoamento da produção rural mais fácil em Brazlândia

COMPARTILHAR

GDF Presente ajusta 5 km de estradas vicinais na região, grande produtora de frutas e hortaliças

 

Em Brazlândia, grande produtora de morango, goiaba e hortaliças, máquinas do Polo Oeste, em parceria com a administração regional, recuperaram 5 km de estradas de três núcleos rurais | Foto: Divulgação/GDF Presente

 

O fomento que o GDF dá para a produção rural do Distrito Federal passa pela recuperação das estradas vicinais, de suma importância para o escoamento dos produtos cultivados em solo brasiliense. Além de atuar na manutenção das regiões administrativas, o GDF Presente tem ajudado a melhorar a rotina dos agricultores ajustando as vias não pavimentadas próximas às chácaras. Em Brazlândia, grande produtora de morango, goiaba e hortaliças, máquinas do Polo Oeste, em parceria com a administração regional, recuperaram 5 km de estradas de três núcleos rurais.

 

As vias danificadas pelas chuvas nos Núcleos Rurais Capãozinho III, Chapadinha e Curralinho foram patroladas pelo GDF Presente. “O trânsito estava muito ruim, as estradas estavam com irregularidades que causam a trepidação dos carros e cheias de buracos”, explica o coordenador do Polo Oeste, Devanir Martins. Segundo ele, foram usados no patrolamento materiais como cascalho, resto de asfalto e de obras. “A gente compacta esse material com o rolinho e ele adere ao solo evitando o surgimento de erosões.”

 

Brazlândia tem uma das maiores e mais produtivas áreas rurais do DF. São mais de 900 quilômetros de estradas não asfaltadas por onde passam caminhões cheios com a produção a ser comercializada em diferentes pontos do DF, entre eles a Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa). “É um trabalho de manutenção constante”, afirma o coordenador de Licenciamento, Obras e Manutenção da administração regional, João Paulo Gomes Bonifacio.

 

O GDF Presente também fez o transporte de 1.100 toneladas de insumos para ser usado na recuperação das vias de terra da cidade. “Aproveitamos o polo que tem muitos caminhões, mas todo dia estamos patrolando as vias com nosso maquinário, dando maior atenção para trechos por onde passam ônibus do transporte escolar e caminhões para o escoamento da produção”, diz João Paulo.

 

A via principal do Núcleo Rural Radiobras e a via de ligação entre Brazlândia e o município de Águas Lindas (GO) pelo Setor Maranata também foram recuperadas. O caminho para o município goiano pode ser feito por duas rodovias distritais: uma delas pavimentada e a outra, não. Pela estrada asfaltada são 22 km, caminho encurtado em 17 km pela terra. “A estrada rural é mais curta e, por isso, muito usada”, afirma o coordenador de Licenciamento, Obras e Manutenção da Administração Regional de Brazlândia.

 

O Polo Oeste também fez a limpeza da quadra 3, recolheu galhos em toda a cidade e ajudou a administração na construção de um novo estacionamento no Setor Veredas.

 

GIZELLA RODRIGUES, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: FREDDY CHARLSON