Governo do Distrito Federal
10/11/22 às 9h16 - Atualizado em 10/11/22 às 9h16

DF terá a primeira delegacia de proteção animal do país

Unidade especializada será construída no complexo do Departamento de Polícia Especializada (DPE); proposta faz parte das medidas adotadas pelo GDF na transição

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Rosualdo Rodrigues

O Distrito Federal ganhará a primeira delegacia de proteção animal do Brasil. A nova unidade será instalada no complexo do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e terá uma equipe completa de delegados, agentes e escrivães. O projeto, parte das medidas adotadas pelo governador Ibaneis Rocha nesta transição, será desenvolvido pela Polícia Civil (PCDF).

De 2021 para 2022 o DF registrou um aumento de 65% no número de ocorrências de crimes relacionados a maus-tratos contra os animais | Foto: Divulgação/ Ibram

A criação da delegacia especializada pretende aumentar os meios de proteção aos animais, além de possibilitar que as investigações dos crimes sejam feitas com ainda mais qualidade. “Acreditamos também que a sociedade vai se sentir mais amparada para fazer denúncias”, observa o delegado de Polícia Civil Darbas Coutinho.

“Os crimes relacionados a maus-tratos contra os animais crescem ano após ano. De 2021 para 2022, tivemos um aumento de 65% no número de ocorrências no DF”, aponta Darbas. “Essa proposta reflete o que a sociedade espera das políticas públicas: a adoção de medidas efetivas para o combate dessa triste realidade que ainda assola nossa região.”

A Polícia Civil registrou 958 boletins de ocorrências de maus-tratos e crueldade contra cães, gatos e outros animais entre 2019 e 2021, no DF. Foram 243 ocorrências em 2019. No ano seguinte, o número subiu para 315. E, ao final de 2021, chegou a 400 registros.

Com a proposta, a Delegacia do Meio Ambiente (Dema) deverá passar por mudanças. Uma delas envolverá o foco de atuação da unidade, que ficará mais voltada para crimes ambientais, como parcelamento ilegal do solo.