Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
9/11/22 às 11h25 - Atualizado em 9/11/22 às 11h25

Com investimento de R$ 16 milhões, surge uma nova Avenida Paranoá

As obras na principal via comercial da cidade, com 2,7 km de extensão, têm como foco a mobilidade

Lúcio Flávio, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

Com 2,7 km de extensão, a Avenida Paranoá é o coração comercial da região administrativa. E está de cara nova graças à grande transformação que vem sofrendo por conta das inúmeras reformas realizadas no espaço desde janeiro. Com investimento de R$ 16 milhões, as obras em andamento têm foco na mobilidade. Para isso, estão sendo feitas melhorias nas calçadas próximo às edificações, permitindo a circulação de pedestres por passeios livres, além de reconstrução de estacionamentos, drenagem e acréscimo de ciclovia e paisagismo, com o plantio de grama e várias mudas de ipês de cores díspares ao longo da via.

A empreitada, que no momento emprega 60 trabalhadores, é da Secretaria de Obras e prioriza pedestres e ciclistas. Com quase 70% de serviços executados, o resultado da melhoria salta aos olhos, mudando a rotina das pessoas que circulam pela região. Pouco a pouco, a parte central da cidade vai se transformando, trazendo mais segurança e conforto aos moradores, além de embelezar a área central da cidade.

Entre as melhorias, reformas nas calçadas próximo ao comércio | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“Está ficando uma belezura de dar gosto”, comenta a aposentada Divina Bezerra Soares, 70 anos, uma das pioneiras da cidade. “Há muito tempo que a gente não via grandes obras assim na cidade, ainda mais aqui na parte central”, avalia ela, mirando o espelho do tempo.

Espaçosas nos seus três metros de largura, as calçadas, construídas ao longo da via, devem ficar prontas no final deste mês. Feitos de bloquetes, para drenar com mais facilidade a água da chuva, os estacionamentos terão 844 vagas ao longo da avenida.

Dona de uma loja de toldos, próximo à via dupla, Rosângela Oliveira Santos, 34 anos, já sente as mudanças a olho nu. “Antes os carros não tinham lugar para estacionar e ficavam atrapalhando a rua”, conta.

A ciclovia de aproximadamente 2,5 km que corta a Avenida Paranoá está praticamente finalizada, faltando apenas retoques de pinturas. Pelo menos 450 metros lineares de asfalto novo foram feitos na Avenida Paranoá dos dois lados da pista que vai até a Paróquia Santa Maria dos Pobres. “É asfalto totalmente novo, com base, sub-base e parte de pavimentação toda nova”, detalha o engenheiro e fiscal da Secretaria de Obras, Carlos Mohammed. “Esse foi o trecho que a gente conseguiu fazer antes do período da chuva, o restante só depois que estiar”, planeja.

Para o administrador do Paranoá, Júnior Carvalho, a obra é de grande relevância social para a cidade, atendendo, diretamente, 20 mil pessoas que transitam pelo local diariamente. “Este projeto arquitetônico, urbano, beneficiará, em especial, as pessoas com deficiência”, destaca. “Também é importante na área econômica, pois está gerando emprego, renda e melhorando a qualidade de vida do morador do Paranoá”.