Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
16/05/24 às 10h34 - Atualizado em 16/05/24 às 10h35

Campos sintéticos em Samambaia entram na fase final de manutenção

GDF investiu mais de R$ 441 mil nos campos da QR 311 e do Centro Olímpico de Samambaia para que a população volte a usufruir das estruturas

Por Jak Spies, da Agência Brasília | Edição: Ígor Silveira

A visão do gramado verdinho já é uma realidade para a comunidade de Samambaia, que logo poderá usufruir dos campos sintéticos em fase final de manutenção. A Secretaria de Esporte e Lazer do Distrito Federal (SEL-DF) deu início, em março, à reforma de cinco campos sintéticos distribuídos em diferentes regiões do Distrito Federal. O investimento do governo local para execução desses serviços foi em torno de R$ 1,5 milhão.

 

Obra no Centro Olímpico de Samambaia recebeu investimento de R$ 154 mil, enquanto reforma na QR 311 teve mais de R$ 287 mil destinados | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

As reformas abrangem diversas etapas, desde a retirada da grama antiga até o nivelamento do piso, aplicação de manta amortecedora e instalação final da nova grama sintética – etapa em que se encontra o campo na QR 311 de Samambaia.

Nas obras realizadas nos dois campos sintéticos da região administrativa, a do Centro Olímpico de Samambaia obteve um investimento de R$ 154 mil, enquanto no da QR 311 o GDF investiu mais de R$ 287 mil.

“Esses espaços desempenham um papel vital na promoção da prática esportiva e na integração da comunidade. Estamos empenhados em garantir que esses locais estejam sempre em condições ideais para que os atletas possam desfrutar da melhor experiência esportiva possível. Investir na qualidade dessas instalações é investir no bem-estar e no desenvolvimento dos cidadãos de nossa cidade”, avalia o secretário de Esportes e Lazer, Renato Junqueira.

A Secretaria de Esportes e Lazer já entregou três campos sintéticos este ano, localizados no Paranoá, na Feira do Produtor e no Taquari.

De volta ao jogo

Entre os moradores de Samambaia beneficiados pelo espaço renovado, está o promotor de eventos Jonathan da Costa Oliveira, 29, que jogava futebol com os amigos com frequência. Com o filho sentado nos ombros, Jonathan diz ter expectativas altas após ver o novo gramado. “Estava faltando essa manutenção, então nós tivemos que parar de jogar. Agora que estão cuidando e arrumando o campo, estamos animados”, ressalta.

Para o empresário Gabriel de Oliveira Soares, 27, é mais que um local de entretenimento e cultura, atraindo novas oportunidades por meio de olheiros e também projetos sociais. “É muito importante para tirar as crianças dos lugares ruins, para elas terem onde se distrair. O campo está bem diferente da época do ‘terrão’. É um campo bonito, a gente vê que tem um investimento bacana e isso traz mais visibilidade e novas oportunidades”, observa.

Na lista de campos que serão renovados estão os do Centro Olímpico e Paraolímpico do Parque da Vaquejada, Centro Olímpico Rei Pelé, campo sintético na QNJ em Taguatinga, EQNN 1/3 de Ceilândia e da Quadra 8 Setor Sul do Gama. No Parque da Vaquejada, as obras já foram iniciadas.