Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
11/01/24 às 9h27 - Atualizado em 11/01/24 às 9h27

Brasília ocupa vaga em lista internacional de melhores destinos para 2024

Capital federal é a única cidade brasileira citada no ranking do jornal ‘The New York Times’ e também foi apontada como um dos oito destinos tendência para este ano por outro levantamento

Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Igor Silveira

Quem vem à capital federal tem a oportunidade de conhecer o “céu azul de nuvens brancas”, navegar pelo Lago Paranoá – a praia brasiliense – e desbravar os monumentos modernistas que enfeitam a Esplanada dos Ministérios. São tantos os atributos capazes de encantar moradores e turistas que Brasília foi incluída no ranking dos 52 melhores destinos para se visitar em 2024, produzido pelo jornal The New York Times. A cidade é a única brasileira que compõe a relação e ficou na 32ª posição.

A publicação aponta que Brasília “é muitas vezes ofuscada por destinos mais extravagantes, como Rio de Janeiro e Bahia”. O veículo descreve a capital como “uma cidade planejada, famosa pelos seus edifícios futuristas e modernistas brancos que se erguem nas terras altas brasileiras”. Em 2023, o ranking foi ocupado por duas regiões tupiniquins, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e Manaus, nas 11ª e 41ª posições, respectivamente.

Brasília também foi incluída na lista de oito destinos considerados tendência para 2024 pela empresa Booking.com. Os locais foram selecionados com base no aumento do crescimento anual no número de reservas na plataforma. A arquitetura – a exemplo do Congresso Nacional, do Palácio da Alvorada e da Catedral Metropolitana – e o lazer a céu aberto – disponível nos mais de 70 parques ecológicos e urbanos do DF – foram os destaques listados pelo levantamento.

O veículo descreve a capital como “uma cidade planejada, famosa pelos seus edifícios futuristas e modernistas brancos que se erguem nas terras altas brasileiras” | Foto: Anderson Parreira/Agência Brasília

O secretário de Turismo, Cristiano Araújo, afirma que a cidade está preparada para receber turistas e oferecer experiências únicas. “Nossa cidade é extremamente segura, tem uma arquitetura que traz curiosos do mundo inteiro e oferece uma agenda de eventos internacionais e nacionais muito interessante também”, defende. O gestor também salienta a importância das reformas de equipamentos que compõem o trajeto turístico, como da Concha Acústica e dos centros de atendimento ao turista (CATs).

A arquiteta polonesa Kinga Nowak, 29 anos, veio a Brasília para conhecer os traços Oscar Niemeyer. Ela tirou foto em frente ao Palácio do Planalto e ao Congresso Nacional, e conheceu o interior da Catedral Metropolitana e do Museu Nacional da República. “Me interessa muito ver a arquitetura de outros lugares do mundo, e aqui tem tudo junto, muito próximo um monumento do outro”, diz ela. “No Brasil, também vi uma obra do Álvaro Siza, em Porto Alegre”, conta.

Força do turismo

Outros avanços que mostram o potencial turístico da capital brasileira é o aumento na taxa de ocupação dos hotéis registrado em 2023 – de 59,43% em 2019 para 65,71% no ano passado. O crescimento no índice refletiu na arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS), que era de R$ 7 milhões em 2018 e subiu para R$ 35 milhões em 2023. Além disso, em 2023 foi a primeira vez que a região esteve apta a captar recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo.

Os locais foram selecionados com base no aumento do crescimento anual no número de reservas | Foto: Geovana Albuquerque/ Agência Brasília

No mesmo ano, a emissão da carteira para artesãos saltou de 7,4 mil em 2019 para mais de 12,6 mil. As peças brasilienses podem ser encontradas nas lojas Artesanato de Brasília, no Pátio Brasil Shopping, no Plano Piloto, e no Alameda Shopping, em Taguatinga; assim como na Torre de TV, na Casa do Turista, em Brazlândia, e no Espaço Cultural do Turismo e Artesanato, na 507 Sul.

Conexões

Brasília tem se consolidado como um centro estratégico de conexões com o Brasil e o mundo. O Aeroporto Internacional de Brasília tem voos diretos para sete destinos internacionais, além de 38 nacionais – sendo as 26 capitais brasileiras e mais 12 cidades do país. Os destinos no exterior são Santiago (Chile), Lima (Peru), Lisboa (Portugal), Cidade do Panamá (Panamá), Miami e Orlando (Estados Unidos) e Buenos Aires (Argentina).

Além disso, desde novembro do ano passado, os viajantes das companhias aéreas Gol e Latam podem optar por desembarcar gratuitamente na cidade por até três dias. A medida é chamada de stopover e permite que o visitante conheça o Quadradinho, antes de seguir para o destino final. Até então, o serviço estava disponível apenas em São Paulo.

Em dezembro de 2023, o piso de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre o querosene usado na aviação (QAV) passou para 4% | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A diversidade dos destinos oferecidos no terminal é possível graças ao trabalho do Governo do Distrito Federal (GDF) em aumentar a competitividade do terminal e colocar Brasília em outro patamar em relação à distribuição de mercadorias. Em dezembro de 2023, o piso de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre o querosene usado na aviação (QAV) passou para 4%. Anteriormente, o percentual já havia diminuído de 12% para 7%. A redução foi publicada em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) e integra o Projeto de Lei (PL) 466/23.

“O GDF tem feito grandes esforços para tentar viabilizar novas companhias e novos destinos aqui, então o ICMS foi um bom laço”, pontua o gerente de negócios Aéreos da Inframerica, Daniel Dumaresq. “Nos ajudou a aumentar a oferta de voos internacionais e a ampliar a malha doméstica, com novos voos para Natal, Belém e Juazeiro do Norte, por exemplo. Isso aumenta a nossa capilaridade e mostra que o Brasil não é só Sul e Sudeste, mostra que Brasília é um hub do o país”, completa. Mais de 11 mil pessoas por dia desembarcam em Brasília todos os dias e, no total, passam mais de 40 mil passageiros diariamente no aeroporto.

Programe-se!

Quem quer conhecer cada detalhe de Brasília deve acessar a coleção Rotas Brasília, disponível no site da Setur e também nos CATs. São 13 rotas turísticas organizadas por segmentos, que apresentam atrações e espaços para todos os gostos.