Governo do Distrito Federal
22/03/22 às 9h30 - Atualizado em 22/03/22 às 9h30

Berçário Buriti recebe crianças para início das atividades

Espaço vai atender até 60 crianças com idade entre 6 e 24 meses completos, dependentes das servidoras da administração direta do GDF

O sonho se transformou em realidade. Inaugurado neste mês, o Berçário Buriti recebeu nesta segunda-feira (21) as primeiras crianças que serão atendidas no espaço pensado inteiramente para elas. Primeiro dia de aula e de muita emoção para os pequenos, os pais e os colaboradores.

Daniele Veloso, servidora da Secretaria de Saúde, chegou pontualmente para deixar a pequena Júlia, de 1 ano e 1 mês, com os novos amigos no espaço adaptado, colorido e muito aconchegante. Com olhos marejados, a mãe explicou que era um momento especial. “É um rito de passagem importante. Sinto-me segura e certa de que ela vai ser bem tratada aqui no berçário e de que ficará superbem”, reconheceu.

Também foi a vez de os pais de Sol Francisco, de 1 ano e 4 meses, deixarem o pequeno sob os olhares atentos das colaboradoras do berçário. Larissa Douto, servidora de Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e o marido, Rafael Brito, foram juntos no primeiro dia de adaptação do filho.

“O lugar é encantador e a equipe é muito bem preparada. Viemos à reunião com a equipe e os demais pais e saímos daqui muito seguros. É um espaço acolhedor para nosso filho e uma forma importante de valorizar as servidoras”, destacou a mãe.

Primeiro dia de aula foi de muita emoção para os pequenos, os pais e os colaboradores do Berçário Buriti | Foto: Divulgação/SEEC-DF

“O Berçário Buriti é um sonho que se concretizou”, afirmou, emocionada, Adriana Faria, secretária executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali) da Secretaria de Economia. “É um projeto que valoriza as servidoras e suas famílias, protege a primeira infância e incentiva o aleitamento materno, além de ser uma rede de apoio para que as mães possam voltar ao trabalho com mais tranquilidade e segurança”, resume Adriana Faria.

Estrutura

O espaço vai atender até 60 crianças com idade entre 6 e 24 meses completos, que sejam dependentes das servidoras da administração direta do Governo do Distrito Federal (GDF). Serão destinadas até 20% das vagas às servidoras com deficiência.

O Berçário Buriti conta com nutricionista, equipe de cozinha, monitoras pedagogas e, em breve, contará com enfermeiro e técnico de enfermagem a partir de uma parceria com a Secretaria de Saúde. A estrutura inclui sala de amamentação, fraldário, banheiros e toda infraestrutura necessária para o acolhimento das crianças.

A iniciativa é uma política pública para mulheres, destinada a atender as servidoras inscritas e classificadas no Programa de Atenção Materno Infantil para Servidores do Distrito Federal (Proamis-DF), lançado em junho de 2021. A inscrição e a classificação da servidora no programa não constituem garantia de vaga.

*Com informações da Secretaria de Economia do DF

Agência Brasília* | Edição: Rosualdo Rodrigues